Notícias

Circuito Brasileiro de Degustação atrai 1700 pessoas em Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro
O Circuito Brasileiro de Degustação atraiu 1.700 pessoas nas três etapas realizadas esta semana em Porto Alegre (dia 24), São Paulo (dia 25) e Rio de Janeiro (dia 27). O evento realizado pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), com patrocínio do Sebrae e do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, uniu em um só local vinhos, espumantes e suco de uva 100% integral de 25 vinícolas brasileiras oriundas de quatro estados produtores (Pernambuco, Minas Gerais, Santa Catarina e Rio Grande do Sul). Em Porto Alegre e São Paulo, tivemos 600 participantes em cada cidade. No Rio de Janeiro, foram 500.

“O grande número de profissionais e de consumidores que foram conferir a evolução dos vinhos brasileiros mostra a crescente qualidade rótulos verde-amarelos”, afirma o gerente de Marketing do Ibravin, Diego Bertolini. Devido ao sucesso alcançado, o Ibravin deve pelo menos dobrar o número de cidades que receberão o Circuito no próximo ano. A ideia é incluir os estados do Nordeste, chegando a Recife e Salvador, e ainda Belo Horizonte, na região Sudeste. “Em 2013, um ano antes da Copa do Mundo, queremos levar o Circuito Brasileiro de Degustação para as 12 cidades-sede da maior competição de futebol do mundo”, revela Bertolini.

Palestras com degustação
A novidade desta edição do Circuito foi a realização de palestras com degustações temáticas, tendo como condutores os principais jornalistas e críticos de vinhos do Brasil. A sommelier Deise Novakoski, do restaurante Eça, consultora do Zona Sul e colunista do jornal O Globo, falou sobre o tema “A Diversidade dos Vinhos Brasileiros”. “A ideia foi mostrar a diferença entre os vários terroirs do País”, explica Deise. Os rótulos escolhidos pela sommelier foram estes: Syrah safra 211, da Sociedade Vinícola Estrada Real, de Minas Gerais; Syrah safra 2010, da Duccos, de Pernambuco; Sauvignon Blanc safra 2010, da Pericó, de Santa Catarina; Gamay safra 2011, da Salton, Rio Grande do Sul; e Ruby Cabernet safra 2008, da Campos de Cima, Campanha Gaúcha.

O jornalista Marcelo Copello falou sobre “Raridades dos Vinhos do Brasil”. “Quiz apresentar vinhos de vinícolas que merecem mais atenção dos consumidores pela qualidade dos produtos elaborados”, diz Copello. Escolhido em 2009 como o mais influente jornalista de vinhos do Brasil pela revista Meininger´s Wine Business International da Alemanha, Copello escolheu os seguintes rótulos para o seu painel: Perini Quatro safra 2008, da Vinícola Perini; Documento Merlot safra 2009, da Dom Cândido; Casa Venturini Chadonnay safra 2010, da Vinícola Góes & Venturini; Tannat safra 2008, da Antônio Dias; e Via 1986 Marselan safra 2009, da Viapiana.

Uma mesa redonda sobre os espumantes brasileiros contou com cinco convidados de cada uma das três capitais. Por isso, os espumantes degustados em Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro foram diferentes. “Assim tivemos um sabor local em cada uma das cidades”, comenta o gerente de Marketing do Ibravin, Diego Bertolini. Cada uma das 25 empresas presentes no Circuito teve um rótulo apresentado aos participantes do evento.

Fonte: Site Ibravin
Vinícola Don Miguel Ltda

Fone: (54) 3464.1413 | Cel: (54) 9170.1289
Marcorama - Garibaldi - RS - Brasil
www.donmiguel.com.br | vinicola@donmiguel.com.br
Vinícola Don Miguel - Todos os direitos reservados - Copyright 2011
desenvolvido por: